Dica de Inglês – “As American As Apple Pie”

Conhece a expressão

AS AMERICAN AS APPLE PIE?

 

Já viu ou assistiu ao filme “American Pie”? Há quem considere o filme como uma ótima comédia. Nossa dica de inglês desse post não é sobre a história do filme em si, mas relaciona-se ao seu nome (“American Pie”). Vários alunos já me perguntaram sobre o porquê do filme ter tal nome, pois não veem relação entre uma “torta americana” e a comédia. Para que se compreenda a escolha do nome do filme, falaremos sobre a expressão AS AMERICAN AS APPLE PIE.

 

Em inglês, a expressão As American as apple pie ou “Tão americana quanto uma torta de maçã” é dita de qualquer coisa que pareça característica dos Estados Unidos ou de seu povo. Assim como a maioria do povo americano, a origem da maçã e da torta de maçã não é nativa. As tortas de maçã eram feitas na Inglaterra antes dos Pilgrims (peregrinos) levarem as primeiras sementes à América do Norte. Com o tempo, os Estados Unidos se tornaram o mais importante produtor de maçã do mundo, em parte por causa do herói do povo (John Appleseed), cuja história mistura fatos históricos com folclore.

 

A lenda de Johnny Appleseed diz que, enquanto ele andava descalço sobre a terra, jogava sementes no chão aonde quer que passasse. Ele usava uma panela como chapéu e era um vegetariano que vivia de leite desnatado talhado e pólen. O certo é que, começando com mais ou menos 25 anos de idade até sua morte aos 71 anos, em 1875, o excêntrico herói do povo viajou milhares de milhas do interior da Pennsylvania até Indiana plantando árvores e iniciando viveiros para macieiras.

 

E aí, gente? Fica a pergunta para vocês: após a explicação acima, deu para ter uma ideia sobre o porquê do filme se chamar “American Pie”?

Deixem comentários! 😉

Alexandra.

 

Referência: KLIE, Virginia. “Not Just Hamburgers! : aprenda inglês com as melhores receitas da cozinha americana.” 1. ed. – São Paulo: Disal, 2003.

Veja também:

Idiom: BE THE APPLE OF SOMEONE’S EYE

Gramática Simples: USED TO

Sabe dizer “vender como água” em inglês?

 

Gramática Simples – TAG QUESTIONS

TAG QUESTIONS de forma simples

A dica de inglês desse post falará de um assunto bastante simples; porém muitas vezes confundido por alguns alunos de inglês: TAG QUESTIONS.

O que são as TAG QUESTIONS?

TAG QUESTIONS são aquelas “mini perguntas” inseridas no final de uma frase quando queremos confirmar uma informação que acreditamos ser verdadeira. Em português, tais perguntinhas são geralmente traduzidas como “não é?”, e também utilizadas para confirmarmos alguma coisa.

Quais as regras para utilizarmos as TAG QUESTIONS corretamente?

De forma bastante simples, podemos dizer que a TAG QUESTION será positiva (afirmativa) ou negativa de acordo com a frase que queremos confirmar. Ou seja, se a primeira frase for afirmativa, a tag question será negativa. Da mesma forma, se a primeira frase for negativa, a tag question será afirmativa. Vejamos alguns exemplos:

You are studying English, aren’t you?

                                                                 (+)                            (-)

As TAG QUESTIONS geralmente concordam com o verbo to be ou verbo auxiliar (implícito ou explicito) na frase.

You have a reservation, don’t you?

                                                               (+)                         (-)

She didn’t like the party, did she?

                                                                 (-)                           (+)

This food isn’t Brazilian, is it?

                                                              (-)                           (+)

She went to the library yesterday, didn’t she?

                                                               (+)                                      (-)

Cars pollute the environment, don’t they?

                                                               (+)                               (-)

He won’t tell her, will he?

                                                                     (-)                  (+)

John and Mary can’t swim, can they?

                                                                     (-)                           (+)

Mas, toda boa regra tem suas exceções, não é? Vejamos duas delas:

*Quando a 1ª pessoa do singular é utilizada com o verbo to be, devemos ter atenção à TAG QUESTION a ser utilizada. Seria normal pensarmos que na negativa, a tag seria “am I not?”; porém, a forma correta é “aren’t I?”.

I am not a suspect, am I?                                      I am the winner, AREN’T I?

                    (-)                   (+)                                                       (+)                    (-)

**Quando utilizamos “Let’s” para sugerir alguma coisa, a TAG QUESTION será sempre “shall we?”: 

Let’s go to the beach, shall we?

 

Gostou da dica? Ainda tem dúvida? Deixe seu comentário!

We hope it’s useful!

Alexandra.

 

Veja também:

Gramática Simples – Utilizando USED TO corretamente

Dica de Inglês – Vocabulário: “Let’s party!”

“Let’s party!”

(Vocabulário ativo)

Gosta de festas e muita badalação? Se a resposta é “sim”, esse post é especial pra você! Falaremos sobre vocabulário específico para essas ocasiões.

Começamos com a palavra “festa”, que em inglês é PARTY. Essa a maioria já sabia, certo? Agora, você sabia que também existe o verbo TO PARTY? Pois é! Veja abaixo.

 

TO PARTY – PARTIED – PARTIED

[festejar]

“Let’s party!”, said Brad to his friends.

“Vamos festejar!”, disse Brad aos amigos.

 

Uma expressão também muito utilizada é:

TO THROW A PARTY

[dar uma festa]

Did you know Peggy is throwing a party?

Você sabia que a Peggy está dando uma festa?

 

Há pessoas que simplesmente amam dar festas, outras preferem apenas participar delas. Há também aqueles que gostam muito de festas e de beber bastante nessas festas, e por causa disso, acabam às vezes exagerando e se comportando mal. Em inglês, há um termo específico para designar essas pessoas. Check it out:

 

PARTY ANIMAL

[amante de festas e bebidas alcoólicas que às vezes se comporta de maneira mal educada]

You know Bob is a party animal. Even if we didn’t invite him, I’m sure he’d show up!

Você sabe que o Bob é louco por festas. Mesmo se não o convidássemos, tenho certeza de que ele apareceria!

No caso do Bob do exemplo acima, pela expressão utilizada, já sabemos que ele gosta de bebidas alcoólicas. Em inglês, utiliza-se o termo ALCOHOLIC BEVERAGE para designar bebidas que contenham álcool [bebida alcoólica]; entretanto, o que mais se ouve no inglês falado, ou seja, informalmente é a palavra booze. Em português, a melhor tradução para tal palavra é “birita”. Vejamos o exemplo:

 

BOOZE [birita]

Let’s go buy some booze!

Vamos comprar birita!

 

Retornando às festas, mas sem as biritas, há várias pessoas que gostam muito de festas de aniversário ou birthday parties. Você sabe como dizer “aniversariante” em inglês? Dois termos são usados:

 

BIRTHDAY BOY [aniversariante do sexo masculino] e

BIRTHDAY GIRL [aniversariante do sexo feminino]

 

E claro, não podemos nos esquecer do “bolo de aniversário”, o birthday cake. Como reza a tradição, todo aniversariante deve após o “parabéns pra você” apagar as velas.

TO BLOW OUT THE CANDLES

[apagar as velas]

Ralph was so little that he could hardly blow out the candles on his birthday cake.

Ralph era tão pequeno que mal podia apagar as velas no seu bolo de aniversário.

 

Bom, mesmo que você não seja muito amante de festas, de ganhar presentes você gosta, não é? Quem não gosta? Em inglês:

 

TO GET GIFTS

[ganhar presentes]

How many gifts have you gotten for your birthday so far?

Quantos presentes de aniversário você já ganhou até agora?

 

Esperamos que vocês ganhem muitos presentes de aniversário, dia das crianças, whatever! Um presente sempre cai bem!

Até a próxima dica!

Alexandra.

Referências: “Fale Tudo em Inglês” de José Roberto A. Igreja.

Dica de Inglês – “Um pé no saco”

“Um pé no saco” em inglês

Você sabe como dizer “ser um pé no saco” em inglês? Antes disso, você sabe o que essa expressão significa? Vejamos!

Utiliza-se tal expressão para denotar situações ou pessoas que sejam chatas, enfadonhas. Veja os exemplos:

 

BE A PAIN IN THE NECK/ASS

[“ser um pé no saco”]

Watching “Domingão do Faustão” on Sunday is a pain in the ass.

Assistir “Domingão do Faustão” no domingo é um pé no saco.

Getting up early when you’re on vacation is a pain in the neck.

Acordar cedo quando se está de férias é um pé no saco.

Note que, do português para o inglês, a região do corpo mudou de saco para pescoço (neck) ou bunda (ass) – com conotação mais ofensiva, claro.

Você tem exemplo(s) de pessoas e/ou situações que sejam “a pain in the ass”? Comente! 😉

See you next time!

Alexandra.

Série de TV – Game of Thrones HBO

Este slideshow necessita de JavaScript.

Game of Thrones, prontos para a 2ª temporada?

Ahoy pessoal!

Estou de volta hoje para falar de uma das minhas séries favoritas do momento: Game Of Thrones! 😀

Game Of Thrones estreou ano passado na HBO e contou com a produção executiva do próprio autor dos livros da série, George R. R. Martin.

 Introdução: -Para quem não conhece, nunca leu os livros (ou teve preguiça de fazer o mesmo) – A história se passa numa terra medieval fictícia, onde as estações podem durar vários anos. No início da trama explica-se que há tempos o continente de Westeros fora unificado pela casa Targaryen, cujos membros possuíam ligações e descendência direta com os dragões. Com a extinção dos mesmos e após a derrota dos Targaryen em uma guerra alguns anos antes, Rei Robert, da casa Baratheon, assume o Trono de Ferro. 

A partir daí, temos (finalmente) o início da série. Assim como no livro, tudo começa à norte da Muralha quando monstros bizarros (White Walkers – são meio que uns zumbis) aparecem por lá e matam uma galera desavisada na floresta*. A pessoa que consegue sobreviver, acaba parando em Winterfell. E então, conhecemos um dos protagonistas da primeira temporada, Lord Eddard, da casa Stark.

Nesse mesmo momento, no Sul, descobre-se que a Mão do Rei (como explicado pelo próprio Rei Robert: “O Rei caga e a Mão limpa!” haha) acabara de morrer e que, provavelmente a Rainha Cercei e seu irmão Jaime, ambos da casa Lannister, tem algum envolvimento com o ocorrido, mas ainda não se sabia o porquê. E ainda, durante esse mesmo momento, descobre-se que os últimos Targaryen, os irmãos Daenerys e Viserys, estão exilados no continente além mar nas terras livres. 

*Nota que os White Walkers são considerados os seres mitológicos de Westeros.

A série basicamente se concentra nos desdobramentos entre essas quatro grandes casas (Targaryen, Lannister, Stark e Baratheon) e suas lutas de poder. A partir do momento em que Lorde Eddard Stark aceita ser a nova Mão do Rei, os desdobramentos se tornam surpreendentes, complicados, dando à série uma riqueza de conteúdo sem igual. E, especialmente por isso, continuar com a sinopse revelaria muitos spoilers, então é só assistir à série (ou ler o livro!) que vocês ficarão por dentro dos detalhes. 😉

 Para quem já leu o livro e ficou com medo da série ser uma porcaria e não seguir o enredo original, não tenha medo. É surpreendentemente parecido. Somente alguns momentos de fato se tornam diferentes, mas nada que comprometa a trama. Acho que foi a  maneira que encontraram para adaptar certos momentos complicados. A maior diferença DE FATO é a idade das personagens. Na série, as pessoas são mais velhas, até porque eu acharia difícil fazer uma garotinha de 13 anos (Daenerys) ser estuprada por um cara de… digamos, 28 anos (Khal Drogo) e mostrarem isso na televisão como se fosse normal. Ficou melhor assim.

 “OMG! George Martin é terrível! Nunca mais quero olhar pra nada que tenha sido escrito por ele! Nunca mais quero olhar para essa série! Que nojo!”

 – Gente, por favor, não vamos ser radicais. Eu entendo que nem todo mundo acha legal  relatar esse tipo de coisa, mas se você for parar pra pensar, durante o período medieval, as coisas aconteciam assim. As mulheres se casavam e tinham filhos antes dos 15 anos. E a história acontece em que período mesmo, hein?

 “Ha! Tá explicado então!”              😉

 A segunda temporada começou dia 1º de abril (e não foi mentira!). A HBO apresenta a série nos canais 71 (às 22 horas) e no canal 271 (às 23 horas) em HD.

 – Por que será que eles esperam 1 hora para passar o episódio em HD no mesmo dia? DAFUQ. –

 Agora só nos resta assistir e esperar para ver se vai ficar tão boa quando a primeira! Segue abaixo um mapa de Westeros para vocês se localizarem bem:

*Lá em cima, em Castle Black fica a Muralha, onde Jon Snow (filho bastardo de Eddard Stark) se tornará um membro da Patrulha da Noite.

*Um pouco mais abaixo, perto de Winterfell, há a imagem do lobo gigante, símbolo da casa Stark. Lorde Eddard é casado com a Senhora Catelyn Stark (membro da casa Tully), tendo cinco filhos legítimos: Arya, Bran, Rickon, Robb e Sansa.

*Bem mais a sul encontra-se Casterly Rock, morada dos Lannister. A imagem do leão ao lado representa o símbolo da casa.

*King’s Landing ali ao lado, como o nome já diz, é onde está o Trono de Ferro, Rei Robert, Rainha Cercei e seus filhos Joffrey, Myrcella e Tommen.

*Longe de Westeros, à direita, o continente das terras livres. Em Pentos, Daenerys e Viserys Targaryen aparecem pela primeira vez.

*Os outros locais são revelados junto com o resto da trama.

DICA: Quer conhecer os atores de GOT? Visite http://www.gameofthronesbr.com/2010/06/cast.html para mais informações 😉

Até a próxima, gente! 😀

by Strawberrybells