A COLD DAY IN HELL

Já ouviu falar da expressão em português “Só no Dia de São Nunca”? E tem outras! Que tal “Quando galinha criar dentes” ou “Quando porcos voarem”? Pois é! Em geral, quando essas expressões são usadas, queremos dizer que algo NUNCA VAI ACONTECER, certo? Não há a menor chance!

Também há algumas expressões em inglês que são equivalentes a essas citadas acima. Vejamos algumas: 

A COLD DAY IN HELL, ao pé da letra, significa “um dia frio no inferno”. Como em geral, o inferno foi criado em nosso imaginário como um local quente e escaldante, tal acontecimento nunca seria suscetível de acontecer. 

No exemplo da figura acima, Jack é uma pessoa tão chata, que receberá uma ligação de volta (após provavelmente já ter ligado várias vezes para a pessoa que fala) NO DIA DE SÃO NUNCA. Ou seja, ela nunca retornará as ligações dele.

A COLD DAY IN HELL assemelha-se bastante à outra expressão também muito usada em inglês: WHEN PIGS FLY, em português, “quando porcos voarem” ou “quando porcos criarem asas”. Tudo dependerá da região e da escolha feita pelo tradutor. Há quem também traduza tal expressão para “quando galinha criar dentes”. 

Bom, no final das contas, todas apresentam a mesma ideia: ALGO QUE NUNCA ACONTECERÁ. Na hora hora de usa-las, tanto em inglês como em português, caberá a você (falante e/ou tradutor) escolher a que você se identifica mais em usar. 

A gente aqui do #PalavrasNossas gosta bastante de A COLD DAY IN HELL. E vocês por aí? 😉

See you all, alligators!

Alexandra Simões Andrade. 

(Revisão Equipe #PalavrasNossas)

Anúncios

New book from IATEFL Research SIG

Everything that regards Teachers’ Research and quality of life in the language classroom needs to be shared. Hope you enjoy it as much as I did!

The International Festival of Teacher-Research in ELT

Screen Shot 2017-06-21 at 00.21.46IATEFL Research SIG (ReSIG for short) has just published a freely downloadable book called Developing Insights into Teacher-research. The book was launched at the recent ‘Teachers Research! Istanbul 2017’ conference and consists of an introduction and twelve chapters. A unique feature of the book is that the first six chapters are about mentoring teacher-research, which is an area that hasn’t been written about very much before. The remaining six are reports of teacher-research. All of the chapters arose from poster presentations given at last year’s conference in Istanbul.

The book has been edited by Anne Burns, who’s been a speaker at all three ReSIG Teachers Research! conferences so far; Kenan Dikilitas, who’s been the main organizer; Richard Smith, former coordinator of ReSIG who’s been closely involved in organizing the conferences with Kenan, and Mark Wyatt, who’s also on the organizing committee and is the editor of the SIG’s regular…

Ver o post original 408 mais palavras

American or British Slang? Que tal aprender algumas gírias nos dois?

Uma grande frustração de muitos estudantes de inglês como língua estrangeira é não conseguir, muitas vezes, compreender a língua falada em conversas informais, como as encontradas em séries de TV, por exemplo. Isso se dá porque, em geral, as séries apresentam várias gírias. Saber gírias tornou-se, no universo das línguas estrangeiras, imprescindível para que o falante se mantenha confiante e adquira fluência.

Por isso, hoje traremos algumas gírias utilizadas no inglês americano e no britânico.

Para começar, cabe esclarecer que a palavra GÍRIA, em inglês, é SLANG. E, mais importante, SLANG é uma palavra incontável, ou seja, não entra no plural. Logo…

We’re going to see some SLANG here.

Veremos algumas GÍRIAS aqui.

Ready? Let’s go!

Escolhemos 5 gírias bastante utilizadas, tanto na América quanto na Europa, para que vocês possam incluir na lista de vocabulário de vocês.

São elas (no inglês americano): THE CAN, WASTED, DOODAD, TUSH e BOZO. E aí? Conhecem alguma(s)? Vejamos exemplos e os equivalentes no inglês britânico. 😉

Numa mesa de bar, um colega diz ao outro:

I’m going to THE CAN. (Americano)

I’m going to THE BOG. (Britânico)

Vou ao BANHEIRO.

the can

Existem outras gírias para a palavra “banheiro”, mas para não deixar o post muito grande, escolhemos as duas mais utilizadas no momento, certo?

Legless Wasted

Ao sair de uma festa, um amigo diz ao outro:

I’m so WASTED. I need a cab. (Americano)

I’m so LEGLESS. I need a cab.
(Britânico)

Tô tão de PORRE. Preciso de um taxi.  

 

Um irmão diz ao outro:

I told you! Get this DOODAD out of my bedroom! (Americano)

I told you! Get this DOODAH out of my bedroom! (Britânico)

Eu te disse! Tira esse TROÇO do meu quarto!

Numa conversa entre amigas, uma diz à outra:

Justin Bieber has a cute TUSH, doesn’t he? (Americano)

Justien Bieber has got a cute BUM, hasn’t he? (Britânico)

Justin Bieber tem uma BUNDA fofa, não é? 

justin-bieber

Após uma partida de futebol, um colega diz ao outro:

We lost the match because that BOZO missed the penalty. (Americano)

We lost the match because that WALLY missed the penalty. (Britânico)

Nós perdemos a partida porque aquele IDIOTA perdeu o pênalti.

 

É isso, galera! Ficamos por aqui e esperamos que vocês tenham gostado das gírias que trouxemos no post de hoje.

 

Até a próxima!

See you all soon!

Alexandra S. Andrade

 

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA

SCHOLES, Jack. Slang activity book: 51 atividades divertidas para aprender e praticar gírias atuais do inglês. São Paulo: Disal, 2005.

 

(Revisão Equipe #PalavrasNossas)

“Happy Easter!” Dica de Inglês: Vocabulário sobre a Páscoa

Com a proximidade da Semana Santa, vários estudantes de inglês como língua estrangeira começam a perguntar: “Como dizer ‘Páscoa’ em inglês?”; “E quinta-feira santa?”. Como o vocabulário relacionado à esse feriado é amplo, lá  vamos nós com um post cheio de palavras novas para ajudar a galera a não ter mais dúvidas quando o assunto for “Páscoa” em inglês.

Comecemos com “Feriado de Semana Santa”. Há duas formas de se dizer isso em inglês:

EASTER BREAK or EASTER HOLIDAY

[Feriado de Semana Santa ou Feriado de Páscoa]

Para chegarmos ao EASTER BREAK, passamos pela “quaresma”, palavra que vem do latim (quadragésima), e designa o período de quarenta dias que antecedem o Domingo de Páscoa.

LENT

[quaresma]

Temos ainda a “Quinta-feira Santa” e a “Sexta-feira da Paixão” ou a “Sexta-feira Santa”, assim chamada por alguns. Em inglês, há diferentes formas de dizermos tais dias:

MAUNDY THURSDAY or SHEER THURSDAY or HOLY THURSDAY

[Quinta-feira Santa]

GOOD FRIDAY or GREAT FRIDAY or HOLY FRIDAY

[Sexta-feira da Paixão ou Sexta-feira Santa]

Dando continuidade ao vocabulário referente aos dias da semana comemorados nesse feriado, chegamos ao “Sábado de Aleluia” e ao “Domingo de Páscoa”. Em inglês:

HOLY SATURDAY or SILENT SATURDAY

[Sábado de Aleluia]

EASTER SUNDAY

[Domingo de Páscoa]

É no Easter Sunday que temos o coelho da Páscoa “entregando” os Ovos de Páscoa/chocolate. Em inglês:

EASTER BUNNY

[Coelho da Páscoa]

EASTER EGGS

[Ovos de Páscoa]

 

Esperamos que todos tenham A HAPPY EASTER, muita saúde, paz e, claro, muitos EASTER EGGS!

See you, guys!

Alexandra.

Dica de inglês: ARE YOU GAME? 😉

Você certamente já ouviu a palavra GAME em algum lugar, certo? Sim! GAME significa JOGO. Em geral, quando falamos em GAME, nos referimos àquelas atividades ou esportes em que pessoas competem umas com as outras de acordo com determinadas regras. Porém, como você já deve ter percebido, em inglês (em português também!), uma palavra pode ter mais de um significado atribuído à ela. Há um significado geral e mais utilizado, que costuma ser chamado de “significado primário” (geralmente a primeira definição encontrada no dicionário ao se buscar a palavra), e os significados secundários (que são todos os que vêm após o significado primário).

Muitas vezes, em língua estrangeira, vemos expressões formadas com determinadas palavras que têm seus significados primário e secundário totalmente modificados. Outras, em contrapartida, não. É o caso, por exemplo, da expressão GAME OVER (FIM DE JOGO), que mantém o significado primário de GAME.

Já na expressão que dá título ao post, percebemos a palavra GAME em um contexto diferente. Se alguém pergunta se “you are game” (ou em formato de pergunta ARE YOU GAME?), a pessoa quer saber se você deseja experimentar alguma coisa, se você está interessado em fazer algo diferente e até mesmo divertido. Dê uma olhada na conversa abaixo:

Jake: So, how about playing tennis this evening: I’ve got two rackets here. ARE YOU GAME?
Lena: Oh, well, I’m not sure. I’ve not played tennis for a long time. Sorry, I DON’T THINK I AM GAME!

No caso acima, Jake convida Lena para jogar tênis, mas ela não está interessada.

Jake: E aí? Que tal jogar tênis hoje à noite: eu tenho duas raquetes aqui. VOCÊ ESTÁ INTERESSADA?
Lena: Hum, não tenho certeza. Não jogo tênis há um bom tempo. Desculpa, ACHO QUE NÃO ESTOU INTERESSADA.

Precisamos mencionar que esse ESTAR INTERESSADO EM FAZER ALGO DIFERENTE, também pode ser traduzido como ESTAR A FIM DE FAZER ALGO DIFERENTE, certo? A questão da tradução é algo bastante pessoal. 😉

Lena: I guess I’d rather have a bite to eat tonight. Why don’t we go to that new Mexican restaurant?
Jake: I’ve never eaten Mexican food! I’M TOTALLY GAME!

Lena: Acho que prefiro sair para comer alguma coisa hoje à noite. Por que não vamos àquele novo restaurante mexicano?
Jake: Nunca comi comida mexicana! TOTALMENTE INTERESSADO!

Ficamos por aqui e esperamos que “you’re all game” em ler/aprender/compartilhar nossa dica!

See ya! 😘
Alexandra S. Andrade
(Revisão Equipe #PalavrasNossas)

charles-saxon-it-s-a-little-white-wine-stuart-brought-back-from-idaho-are-you-game-new-yorker-cartoon